fbpx

Tendências da medicina pós-pandemia

O mundo pós-pandemia será muito diferente do que tínhamos antes e isso inclui a medicina. 

Para zelar pela saúde de colaboradores e funcionários, muitos protocolos de segurança foram criados a fim de prevenir o contágio pelo novo coronavírus. Além disso, a pandemia também atuou como solo fértil para implementação de novas tecnologias.  Apesar de muitos procedimentos já terem apresentado a necessidade de modernização antes do COVID-19, a chegada dele foi o empurrãozinho que faltava para colocar a mão na massa. Confira algumas das mudanças que ocorreram e que provavelmente permanecerão no cenário pós-pandemia.

Inteligência Artificial

Robôs foram treinados para comparar exames a partir de um extenso banco de dados de outros pacientes com coronavírus para trazer um diagnóstico em poucos segundos. A grande vantagem é que essa tecnologia pode ser adaptada a vários contextos após a pandemia. 

Telemedicina

Além de evitar longos tempos de deslocamento, desinfecção de salas e colaboradores, a telemedicina evita que pacientes procurem informações na internet e se autodiagnostiquem. Desta forma, o médico poderá atender mais pacientes, diminuindo muito os riscos de contaminação. No cenário pós-pandemia, a tecnologia pode ser empregada no atendimento de pessoas que têm dificuldade de locomoção ou moram em áreas muito isoladas. 

Avaliação Armada é uma das tendências pós-pandemia

Diferente do autodiagnótico, a avaliação armada consiste em auxiliar o paciente a realizar procedimentos simples como aferir pressão e verificar níveis glicêmicos sob a supervisão de um profissional da saúde. 

Hospices e Home Care

Este atendimento que pode ser a domicílio ou em instituições com estruturas de enfermaria tem o objetivo de tratar pacientes estabilizados que não precisam mais de internação, com uma equipe especializada em um ambiente mais familiar e acolhedor. Desta forma, mais leitos são liberados e quem utilizar destes serviços, ainda terá todo o cuidado de que precisa. 

Aplicativos de saúde

Atualmente a maioria deles serve para observar os índices de isolamento social e esclarecer dúvidas de pessoas que possam estar contaminadas pelo novo coronavírus. 

Mas no cenário pós-pandemia estas tecnologias podem acompanhar a recuperação de pacientes que receberam alta recentemente com monitoramento de pressão, glicose, batimentos cardíacos e outros. 

Herança pós-pandemia

O coronavírus é sem dúvida, uma tragédia que ainda está presente em centenas de países e ainda faz muitas vítimas. Mas 2020 também será lembrado como o ano em que o mundo se uniu para lutar uma grande guerra e revolucionou muitos aspectos da medicina para melhor.