fbpx

Conheça a importância da Vitamina D

A Vitamina D é essencial para o nosso organismo e pode ajudar até mesmo a evitar doenças crônicas

 

Ela pode ser facilmente obtida de modo totalmente gratuito e sem esforço algum. A nossa principal fonte de Vitamina D vem do sol. Ele é responsável por cerca de 80% a 90% de toda a nossa produção! Bastam apenas 5 a 30 minutos diários e o seu corpo terá toda a quantidade necessária para que funcione bem. 

Apesar de ser tão fácil obtê-la, a deficiência da Vitamina D representa um grande risco para o corpo humano, afinal ela controla cerca de 270 genes, incluindo alguns pertencentes ao sistema cardiovascular. Ela também auxilia na produção de glóbulos brancos que atuam diretamente na defesa do nosso organismo!

Caso você não tenha a quantidade adequada no seu organismo, o médico poderá indicar um suplemento manipulado para que seus níveis fiquem adequados novamente, evitando problemas de saúde. 

 

Problemas causados pela deficiência de Vitamina D

 

  • Doenças autoimunes como a esclerose múltipla e a artrite reumatóide sofrem grandes influências dos níveis dessa vitamina, pois ela é fundamental para a manutenção do tecido ósseo. 
  • A Vitamina D também auxilia no controle da obesidade, pois ajuda a metabolizar a gordura, controlar o apetite e ativar a força dos músculos. 
  • Já para as gestantes, ela é essencial para prevenir o aborto, a pré-eclâmpsia e diminuir os riscos de autismo no bebê. 
  • Ela também influencia a diabetes tipo 2, uma vez que níveis baixos dessa vitamina estão relacionados à resistência à insulina, característica dessa forma da doença. 

 

Parte da vitamina pode vir da alimentação

São consideradas boas fontes de Vitamina D alimentos como ovos, carne bovina, cheddar, salmão, atum, sardinha, iogurte e manteiga. O ideal é que façam parte do seu consumo rotineiro. Não suplemente por conta própria, pois o excesso de Vitamina D pode causar problemas nos rins devido ao aumento de absorção do cálcio. Para saber se possui deficiências desta vitamina, é indispensável ir ao médico. Ele pedirá exames de laboratório que mostrarão se você precisa fazer mudanças na dieta, suplementar ou se as quantidades contidas no seu organismo são adequadas.